Catasetum macrocarpum Rich. ex Kunth

Esta espécie não é endêmica do Brasil, pois também é encontrada na Colômbia, Venezuela, Guianas, Suriname, Guiana Francesa, Argentina e Trinidad. Ocorre na Amazônia, na Caatinga e na Mata Atlântica. Norte (Roraima, Pará, Amazonas, Tocantins), Nordeste (Maranhão, Pernambuco, Bahia, Alagoas) e Sudeste (Espírito Santo). De tamanho grande, esta planta epífita é encontrada desde o nível do mar até 1300 m. Possui pseudobulbos cônico-fusiformes com 5 a 7 folhas oblongo-lanceoladas. A espécie é próxima de Catasetum maculatum e Catasetum intergerrinum. A haste sai da base dos pseudobulbos e alcança até 45 cm de comprimento carregando mais de 10 flores bastante perfumadas com cheiro de anis ou baunilha. As políneas das flores masculinas como de outras espécies de Catasetum possuem um dispositivo que dispara quando tocadas por alguma coisa, assim como as costas de um inseto polinizador como já observamos com abelhas do gênero Bombus conhecidas como mamangavas. Para cultivo gosta de bastante luminosidade e casca de Pinus. Possui período de dormência que deve ser respeitado e não regar muito. Na época de crescimento dos brotos regar bastante. Reage bem a adubação com formação de grandes pseudobulbos. Foi observado até quatro hastes por pseudobulbo em cultivo, alternando-se em hastes só com flores masculinas em maior quantidade e mais fechadas e hastes só com flores femininas em menor quantidade e mais abertas. Encontramos caídas no chão da mata na região de Sirinhaém, em Barreiros e em Paulista, onde podem sobreviver por pouco tempo se não forem removidas para galhos mais altos longe da umidade excessiva do solo.

Referências:

Barros, F. de, Vinhos, F., Rodrigues, V.T., Barberena, F.F.V.A., Fraga, C.N., Pessoa, E.M. 2012. Orchidaceaein Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB011322).

http://www.orchidspecies.com/catamacrocarpum.htm

Compilação: Maurício Periquito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *