Epidendrum avicula Lindl.

Não é endêmica do Brasil, isto é, também ocorre em outros países como o Peru e o Equador. Ocorre nas regiões Nordeste (Ceará, Paraíba, Pernambuco), Centro-Oeste (Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal), Sudeste (Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro) e Sul (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul) nos seguintes biomas: Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica.

Pode se comportar como epífita ou rupícola.

Possui haste floral ereta ou levemente arcada, com muitas flores diminutas de 0,7cm que aparecem do verão até o outono. Luminosidade entre 40 a 50%.

Não consta na lista de plantas ameaçadas de extinção do ministério do meio ambiente de 2008.

[flgallery id=9 /]

Referências

Barros, F. de, Vinhos, F., Rodrigues, V.T., Barberena, F.F.V.A., Fraga, C.N., Pessoa, E.M. 2012. Orchidaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB011523).

http://www.orquideasbrasil.com.br/938178/epidendrum-avicula-(Lanium-avicula)

Texto: Maurício Periquito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *