Cyrtopodium gigas (Vell. Hoehne)

Espécie endêmica do Brasil ocorrendo na Mata Atlântica das regiões Nordeste (Paraíba, Pernambuco, Bahia, Alagoas), Sudeste (Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro), Sul (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul).

Epífita de pseudobulbos até 1,20 m de altura. Grandes hastes florais contendo flores amarelas de 3,3 cm de diâmetro com manchas avermelhadas.

Segundo Menezes, 2000 floresce em setembro e outubro. O cultivo desta espécie é facilmente conseguido com xaxim (Dicksonia sellowiana Hook.) usado como substrato usando-se cachepôs ou vasos de cerâmica. A luminosidade mais forte deve ser evitada por esta espécie.

Não está presente na lista de plantas ameaçadas do ministério do meio ambiente de 2008.

Cultivo: Jaime Veiga Filho | Foto: Jorge Melo

Referências:

Barros, F. de, Vinhos, F., Rodrigues, V.T., Barberena, F.F.V.A., Fraga, C.N., Pessoa, E.M. 2012. Orchidaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB011455).

Menezes, L.C. 2000. Orquídeas/Orchids genus Cyrtopodium: espécies brasileiras, brazilian espécies. Brasília : Ed. IBAMA.

Texto: Maurício Periquito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *